sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Gol de Basílio na final do Paulistão 1977 - Corinthians Campeão!



“ Vamos garotão capricha que o placar não é teu. Eu faço fé nesta cabecinha, garotão Zé Maria.
Está autorizado, vai chover lá dentro da boca da botija. Barreira com dois homens . Correndo pro pedaço Zé Maria, confusão na boca do gol, tentou Basílio de cabeça, volta pra Vaguinho que chuta na trave, tentou Vladimir, bateu no zagueiro, entrou Basílio e que goooooooool. (Que bonito é as bandeiras balançando e a torcida delirando vendo a rede balançar, tocava a vinheta da rádio Globo).
Coringão na frente, olha o espetáculo, olha a emoção e a motivação, olha a festa do Brasil, você enche de lágrimas os olhos deste povo, você enche de felicidade o coração desta gente, Corinthians, o grito sufocado de um povo, o grito do fundo do coração de um torcedor, depois de 20 anos a Fiel está explodindo, 22, 23 numa centena de anos, na cabeça do povo, tumultuando o meu povo, o Corinthians vira a explosão, vira o maior espetáculo no território brasileiro, você acima de tudo é a alma deste povo, Corinthians você freia o funcionamento normal da razão, só deixamos fluir a emoção, a gente vai se envolvendo….vendo…..volvendo…envolvendo, quando vê está envolvido, Corinthians. Hoje a cidade é do povo, tem que ter festa alvinegra, hoje é o verdadeiro dia do povo, festa do povo, Basílio no pedaço, Basílio, 37 do segundo tempo, doce mistério na vida este Corinthians, inexplicável Corinthians, que vai buscar alegria no fundo da alma do povo, numa arrancada dududududu peru do ataque alvinegro”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário